OPOSTOS  DA VIDA
 
 
José Ernesto Ferraresso
 
Há dias, noites,
 Sonhos, realidades.
 Esperanças, desesperanças,
No destino de uma criança.
 
 Ilusão, razão,
Ciúme, tentação.
O amor e o desamor,
Na sina incerta de um jovem.
 
Dias passam, momentos vão e vêm,
Tristezas chegam, alegrias imperam.
Mais uma fase se acaba,
Porém o tempo nada apaga .
 
Tempo é mistério difícil de ser desvendado,
Momentos são sempre recordados.
Dias e instantes ficam gravados,
Enfim, juventude e velhice de braços dados.
 
Serra Negra
30/11/08